Produção Cultural

Projetos de artistas, produtores

culturais, Poder Público e sob

medida para empresas. >>>

 

Produção Audiovisual

Vídeos e filmes de caráter cultural e

comercial (documentários, filmes,

institucionais, séries). >>>

Memória Corporativa

Levantamento da história, tendo em

vista a preservação e a divulgação

da memória da empresa. >>>

 

 

 

Biografia

Registro da história de vida de uma

pessoa, reunindo relatos de saberes,

experimentações e vivências. >>>

Sai Penna entra Campello!

16-04-2018 Hits:85 Notícias Ana Paula - avatar Ana Paula

Sai Penna entra Campello! O Estado de São Paulo tem novo secretário da Cultura: Romildo Campello. Antes o cargo estava sendo...

Read more

Ministro da Cultura vai pedir ao STF que…

16-04-2018 Hits:88 Notícias Ana Paula - avatar Ana Paula

Ministro da Cultura vai pedir ao STF que ouça profissionais do setor #TamoJunto #ProfissãoArtista Durante reunião com um grupo de atores em...

Read more

Artista, procure seu município e informe…

10-04-2018 Hits:105 Notícias Ana Paula - avatar Ana Paula

Artista, procure seu município e informe-se O Secretário da Cultura do Estado, José Luiz Penna, anunciou no dia 5 de abril...

Read more

Secretaria da Cultura do Estado promove…

10-04-2018 Hits:103 Notícias Ana Paula - avatar Ana Paula

Secretaria  da Cultura do Estado promove sessão tira-dúvidas, na SEXTA, em São  Paulo No dia 13 de abril, sexta-feira, das 14...

Read more

PROAC tem R$ 100 milhões para 2018

09-04-2018 Hits:117 Notícias Ana Paula - avatar Ana Paula

Bora fazer ARTE meu povo! Enfim, o Governo do Estado de São Paulo liberou o recurso destinado ao ProAC-ICMS. A Resolução...

Read more

Quero receber conteúdos exclusivos da 3marias!

Coloque abaixo o seu melhor e-mail para fazer parte da nossa lista VIP e receber informações valiosas sobre arte, cultura, projetos culturais, leis de incentivo, produção audiovisual e muito mais! 




 

Ministro da Cultura vai pedir ao STF que ouça profissionais do setor

#TamoJunto #ProfissãoArtista

Durante reunião com um grupo de atores em São Paulo, na manhã desta terça-feira (10), o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, comprometeu-se a solicitar à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, que o julgamento sobre a desregulamentação das profissões seja adiado, para que artistas e técnicos em espetáculos também sejam ouvidos. Sá Leitão defende o reconhecimento legal das profissões de artista, técnico de espetáculo e músico, fundamental para a consolidação da economia criativa no Brasil.

O julgamento está marcado para o próximo dia 26. O Supremo vai julgar uma ação de natureza constitucional que pretende definir critérios de regulamentação para profissões do setor cultural, o que poderá resultar na extinção da exigência do registro profissional. Duas Arguições de Descumprimento de Preceito Fundamental, as ADPFs 183 e 293, propõem a extinção da necessidade de registro profissional para que artistas e técnicos em espetáculos exerçam suas atividades profissionais.

"A exigência de registro para o exercício profissional de atividades artísticas é importante  não só para garantir a qualidade da produção mas, principalmente, permitir que os profissionais da cultura tenham seus direitos garantidos", esclarece Sá Leitão. "O respeito ao exercício profissional da arte não se confunde com a livre manifestação artística, direito previsto na Constituição, que sempre deve ser preservado", complementa. Para o ministro, a extinção do reconhecimento profissional representaria um retrocesso para áreas estratégicas da economia criativa brasileira, que atualmente responde por 2,64% do PIB nacional e contribui de forma significativa para o desenvolvimento do País, gerando emprego, renda e inclusão.

Quer saber mais, acesse: https://bit.ly/2J0oFzq

Assessoria de Comunicação

Ministério da Cultura

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sai Penna entra Campello!

O Estado de São Paulo tem novo secretário da Cultura: Romildo Campello. Antes o cargo estava sendo ocupado por José Luiz Penna. A troca se deve em razão de Geraldo Alckmin ter pedido afastamento do cargo de governador para concorrer a presidente. O vice, Márcio França, assumiu o posto e já começou a fazer a troca do secretariado.

Segue a nota da assessoria de imprensa:

Nesta sexta-feira, 13 de abril, foi publicada no Diário Oficial do Estado a nomeação de Romildo Campello como novo secretário da Cultura do Estado de São Paulo.

Nascido em Pernambuco, Campello tem formação e especialização na área de tecnologia e inovação. Com ampla experiência na gestão pública, foi secretário do Verde e Meio Ambiente e também Ouvidor Geral de Mogi das Cruzes, oportunidade em que ganhou o Prêmio Mário Covas por inovação em Gestão Municipal. Foi presidente estadual da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (Anamma) e secretário-adjunto do Verde e Meio Ambiente da cidade de São Paulo. Também chefiou o gabinete da pasta estadual de turismo, foi secretário de Turismo do Estado de São Paulo e secretário-adjunto da Cultura do Estado de São Paulo, desde quando José Luiz Penna assumiu a Pasta, em abril de 2017.

“Darei continuidade às políticas iniciadas pelo secretário José Luiz Penna, com o lema ‘A Cultura precisa falar com todos’ e incentivar o diálogo a integração entre as diferentes formas de expressão cultural. Junto ao governador Márcio França, fortaleceremos programas já consagrados da Secretaria e trabalharemos a importância da inovação e descentralização da cultura, com ações de incentivo à economia criativa e o ProAC Municípios”, afirma o secretário.

Romildo Campello atua nas áreas de economia criativa, meio ambiente, turismo e cultura, abordando os temas como elementos transversais e essenciais para o desenvolvimento sustentável. Em suas redes sociais, aborda assuntos ligados à gestão pública, turismo, cultura e meio ambiente, com gravações semanais de vídeos sobre a agenda cultural do Estado, as possibilidades de integração entre cultura e turismo e sobre como uma cidade pode se tornar um Município de Interesse Turístico ou uma Estância Turística.

Fonte: Secretaria de Estado da Cultura - Assessoria de Imprensa.

 

Artista, procure seu município e informe-se

O Secretário da Cultura do Estado, José Luiz Penna, anunciou no dia 5 de abril, o lançamento do ProAC Municípios, a mais nova iniciativa da pasta voltada ao fomento e difusão da cultura no estado de São Paulo.

Na nova modalidade, os municípios contemplados receberão repasses que variam de R$ 100 mil a R$ 300 mil, de acordo com o tamanho da cidade, para realizar seus próprios projetos culturais. Os projetos deverão, obrigatoriamente, estar previstos na legislação municipal, ter a forma de concursos/editais, oferecer contrapartidas mínimas e selecionar iniciativas de artistas ou agentes culturais locais que receberão premiações de até R$ 25 mil.

"O ProAC Municípios vem para reforçar nosso compromisso com a descentralização da cultura, através da capilarização dos investimentos por todas as regiões administrativas do estado", afirma José Luiz Penna.

As prefeituras interessadas poderão inscrever seus projetos através do site http://www.proac.sp.gov.br, no período de 20 de abril a 20 de maio. O edital será disponibilizado em breve tanto no site do ProAC quanto no da Secretaria da Cultura – http://www.cultura.sp.gov.br.

 

Fonte: Secretaria da Cultura do Estado 

Secretaria  da Cultura do Estado promove sessão tira-dúvidas, na SEXTA, em São  Paulo

No dia 13 de abril, sexta-feira, das 14 às 16 horas, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo promove um encontro tira-dúvidas para responder às perguntas mais frequentes sobre ProAC, em ambas as modalidades: ICMS e Editais. O encontro será no auditório da sede da Secretaria, que fica na Rua Mauá, 51, 1º andar – Luz – São Paulo-SP

Para participar, é necessário confirmar presença até às 17 horas do dia 12 de abril por meio do e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

SERVIÇO – Tira-dúvidas ProAC

Data: 13 de abril, sexta-feira

Horário: 14 às 16h

Local: Sede da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo

Endereço: Rua Mauá, 51, 1º andar – Luz – São Paulo-SP (próximo das Estações da Luz e Júlio Prestes)

 

Fonte: Secretaria da Cultura do Estado 


O objetivo é fazer com que as novas gerações tenham acesso à história da cidade

Cerca de 800 unidades do DVD que contém o filme documentário "Tigre de Americana - Uma paixão centenária", com 90 minutos de duração, mais alguns clipes extras, que fizeram parte do projeto de registro da história centenária do Rio Branco Esporte Clube, de Americana, interior de São Paulo, foram entregues gratuitamente nas redes municipal e estadual de ensino de Americana e também em faculdades, museus e acervos da região.

 

Ao todo, 10 escolas da rede municipal de ensino de Americana, 81 escolas da rede estadual de ensino de Americana, Nova Odessa e Santa Bárbara d’Oeste; a Escola Técnica Polivalente de Americana; e UNISAL Americana foram contempladas com exemplares do DVD do filme. O objetivo com a distribuição gratuita para as escolas é fazer com que as novas gerações tenham acesso à história de Americana. “Infelizmente, ainda não cultivamos o hábito do registro de memória em nossa cidade. E se não valorizarmos o passado, como vamos respeitar o presente e construir o futuro?”, questiona a diretora do documentário, Luciana Teixeira. Em alguns espaços houve a exibição do filme e um debate entre alunos e equipe de produção do documentário.

 

A intenção é que os exemplares do filme "Tigre de Americana - Uma paixão centenária" sejam mantidos no acervo das escolas e disponibilizados para que os professores possam exibir aos alunos da forma que considerarem conveniente. “Para facilitar o trabalho dos professores, preparamos um material de apoio que contém informações adicionais sobre o filme e indicações de temas discutidos e sugeridos por mim e pelo pesquisador Claudio Gioria, que podem auxiliar na discussão em sala de aula”, expõe Luciana Teixeira. Entre os temas, a equipe sugere a possibilidade de trabalhar a mudança de costumes da sociedade ao longo do tempo. A exibição do filme também abre a oportunidade para abordar assuntos como: 1) O que os alunos sabem sobre a história de Americana; 2) Quais os locais históricos preservados na cidade; 3) Qual a importância de ouvir e registrar os relatos das histórias de vida das pessoas, especialmente os mais velhos; 4) O que podemos fazer para conhecer e não deixar ser esquecida a história da comunidade em que vivemos, como a nossa família, a nossa escola, o nosso bairro.

 

Bibliotecas como a de Americana, “Profª Jandyra Basseto Pântano”, e acervos como o Centro Cultural Martha Watts, da UNIMEP, em Piracicaba; o Museu do Atleta, da FAM, em Americana; o Cineclube Estação de Americana; o Centro de Documentação – CEDOC, da Fundação Romi, a Biblioteca Pública Municipal Maria Aparecida de Almeida Nogueira, o Centro Cultural e Biblioteca Profº Léo Sallum, a Biblioteca Neide Crócomo (CEU) e o Centro de Memória, em Santa Bárbara d’Oeste; o Centro de Referência do Futebol Brasileiro, do Museu do Futebol, em São Paulo; a Confederação Brasileira de Futebol; e o próprio Rio Branco Esporte Clube também foram contemplados com exemplares gratuitos do DVD, bem como entrevistados, apoiadores e equipe de produção do filme.

 

A história centenária do Rio Branco se confunde com a própria história de Americana (SP), já que o clube foi fundado antes mesmo da Villa se tornar município, em 1913. Nos 100 anos de sua trajetória, desde quando ainda se chamava Arromba, o Rio Branco protagonizou grandes mudanças na sociedade do interior de São Paulo, sempre reunindo a comunidade sob o pretexto do futebol. O futebol é parte da identidade cultural brasileira, dos costumes, do estilo de vida da nação.

 

A produção do documentário foi resultado de um esforço coletivo de profissionais e empresas de Americana, a partir da pesquisa de mais de 15 anos do jornalista e historiador do Rio Branco, Claudio Gioria, com iniciativa da Fundação João Zanaga, patrocínio dos Supermercados São Vicente, apoio do Grupo TodoDia de Comunicação, da agência Audaz e da Big Mídia Produções, com produção da 3marias Produtora Cultural e Audiovisual e direção de Luciana Teixeira.

 

Foram dois anos de produção, reunindo material de acervo, que incluía mais de 50 horas de programação histórica da antiga TV Americana (hoje TV TodoDia), e entrevistando mais de 30 pessoas que ajudaram a construir a história do Rio Branco.

Caderno do professor.

 

Sou empresário, quero Investir!

3mariasInvestir em Cultura é uma questão de estratégia.

Fale com a gente: (19) 3408-0300

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Sobre as Leis de Incentivo à Cultura

Canal 3marias

Joomla 3.0 Templates - by Joomlage.com